sexta-feira, 14 de março de 2014

14 de Março dia Nacional da Poesia



Nós somos feitos de esperas...





Espera-se nascer,
Espera-se desenvolver,
Espera-se... O que?

Quando se é gente pequena,
Ô vontade de ser gente grande...
Não ter quem mande ir dormir cedo!!

Quando se é gente grande
Ô saudade que dá de ser gente pequena...
Voltar a ter quem conforte nossos pesadelos!!


Esperamos, esperamos e esperamos,
Depois queremos voltar...


Voltar ao conforto de pular amarelinha,
Voltar aos carinhos da mão de mãe,
Voltar a ter os pés na areia!


Somos feitos de esperas e incertezas!


Mas também somos feitos de amores...
Somos feitos de amores e sonhos...
Amores, sonhos e esperanças!


Esperas, incertezas, amores, sonhos e esperanças.


Esperanças que impulsionam nossos sonhos,
Sonhos que inflamam nossos amores,
Amores que intensificam nossas incertezas,
Incertezas que fazem companhia as nossas esperas!

Somos acima de tudo, 
Feitos de humanidades,
Somos gente grande,


Gente grande que ainda brinca como gente pequena...
Gente grande, que agora, brinca de viver!



Anne Rangel
Postar um comentário