quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Fala pra ela, moço...

Fala pra ela, moço. Fala pra ela que você sente saudade e que a melhor hora do dia é quando ela aparece. Fala pra ela que você gosta mesmo é de quando ela sorri e te dá um abraço apertado, daqueles que estalam os ossos, que você adora ver ela, mesmo sendo alta, ficar na pontinha dos pés pra te abraçar. Que você sente ciúmes dos caras atrás dela, das roupas que mostram um pouco demais e daquele cara que ela dá mole.



Fala pra ela, rapaz, que você se preocupa com ela, pensa nela o dia todo e se pergunta o tempo todo o que é que tem nela que você não quer deixar ela ir embora. Conta pra ela que quando ela morde a boca, você sabe que tem alguma coisa incomodando e que você sempre pergunta porque quer saber o que é, mesmo que ela responda "nada".

Diz pra ela que você só conta piadas idiotas, porque sabe que ela vai rir e te dar um empurrãozinho no braço enquanto te chama de besta, que você gosta da gargalhada dela e não entende como pode estar sempre de bom humor, mesmo depois de um dia ruim, Confessa que você gosta do sorriso e das covinhas que ela tem, do senso de humor sarcástico e do fato dela ser espertinha.

Desembucha logo. Deixa ela saber que você gosta dela, mesmo que você nem tenha certeza se é isso mesmo. Diz aquelas coisas que você pensa em dizer quando está longe, sobre o cheiro dela, o beijo de vocês que é tão perfeito e da forma fácil com que vocês se encaixam ou conversam. Explica que o problema de vocês é puro medo, porque você já não vê mais a sua vida sem ela.



Diz tudo isso pra ela, moço. Ela só quer ouvir isso de você. Não adianta negar e nem tenta esconder. Ela já sabe de tudo isso. Não nega nada não, rapaz. Joga o medo pela janela e fala a verdade de uma vez. Conta, porque se você não contar, ela vai acabar indo embora. Conta logo tudo, põe pra fora. Ela só tá esperando você dizer.

Thalyne Carneiro


Postar um comentário