quinta-feira, 11 de julho de 2013

A Parte que Mais Gosto de Você


"Hora de ir", ele me diz com um sorriso de lado enquanto eu gemo um "já?" em resposta. E com um beijo no meu ombro e um "já" em meio à uma risadinha ele estoura a nossa bolha de felicidade. Bom. Não sei se é nossa, mas minha é. Minha alma fica mais leve e meu coração parece as asas de um beija-flor, bate tão rápido que ninguém conseguiria contar, mesmo se encostasse a cabeça no meio peito para ouvir.

Conversamos amenidades, falamos sobre nossos planos, desejos, o tempo, nossos amigos em comum. Enquanto você fala, aproveito pra reparar em tudo aquilo que ninguém mais vê em você. Tento me decidir o que é mais bonito, enquanto você me conta alguma história. Não sei se é as ruguinhas nos seus olhos quando você sorri ou se é o jeito que você passa a mão pelo queixo, pensando em algo que eu disse.

Ainda olhando para você, me lembro da quantidade de vezes em que ouço o "o que você tanto vê nele?" ou o "Eu não consigo entender essa fixação que você tem por ele.", mas sendo bem sincera, eu também não sei a resposta para isso. Eu não consigo te ver como os outros vêm. Nem mesmo quando eu só te olhava de longe, não faço a menor ideia da imagem que as pessoas têm de você. Nunca vi esse retrato tão feio.

Talvez você não se mostre do jeito que é para mim, pra todo mundo. Talvez essa parte de você, que é tão bonita, que faz meu peito encher de alegria e contentamento, fique guardada só para alguns. Não sei  se esse é o caso, mas me sinto feliz por você compartilhar ela comigo. A parte que se preocupa em ser o primeiro a me desejar um "feliz aniversário", ou em me perguntar se eu tô bem mesmo, porque não pareço bem. A mesma parte que me procura com os olhos, e quando me encontra, me dá um sorriso aberto. A parte ciumenta, engraçada e maluca que me faz rir e te provocar, porque tenho certeza que vai fazer ela querer sair pra brincar.



Me divirto tanto com essa parte, que as outras partes são quase imperceptíveis para mim. E mesmo notadas, se tornam tão amáveis quanto a que mais gosto. Acho que não há nada em você que me faça achar que não vale à pena, ou que não me faça ter vontade de te abraçar e não largar nunca mais. Quero todas essas suas partes. E mais do que isso, quero um inteiro de você.


Thalyne Carneiro

Postar um comentário